• liberdade feliz 2015
    liberdade feliz 2015

    # 24 Horas na Net

    # Estamos Transmitindo em HD

    # Programas em tempo Real

    # Transmissão de todo conteúdo Local

  • baner 87
    baner 87
  • Alegria No Ar
    Alegria No Ar

    # 24 Horas na Net

    # Estamos Transmitindo em HD

    # Programas em tempo Real

    # Transmissão de todo conteúdo Local

baixe no app

 

Smaller Default Larger

Frigorífico Kaiowa, em Janaúba, desativado há anos, vai retomar suas atividades

Janaúba/MG - 29/04/2014 O Frigorífico Kaiowa, instalado em Janaúba, desativado há anos, vai retomar suas atividades dentro de 60 dias pelo novo dono, o Frigorífico Minerva. O anúncio foi pelo presidente do grupo, Ibar Vilela Queiroz, em reunião com lideranças e pecuaristas do Norte de Minas na sede da Sociedade Rural de Montes Claros. A planta foi arrematada pelo Minerva por R$ 40 milhões em leilão da massa falida do Kaiowa, em 20 de fevereiro, em São Paulo. A empresa vai receber as instalações amanhã. De acordo com Vilela Queiroz, o frigorífico será reativado com o abate inicial de cerca de 200 a 300 cabeças de bovinos por dia. Mas, a meta é chegar a 700 animais diariamente, aproveitando a capacidade de abate de 800 cabeças diárias. “Inicialmente, vamos tomar pé da situação. Sabemos que, de imediato, temos que contar com a ajuda da Cemig. Já nos reunimos com a companhia porque precisamos de muita energia no frigorífico. Em 60 dias devemos estar em pleno funcionamento”, afirmou Ibar Queiroz. Serão gerados 400 empregos. Segundo ele, 80% da produção de carne do frigorífico de Janaúba será destinada à exportação, especialmente para a Europa e Oriente Médio. 

holding Minerva Foods opera 12 plantas de abate e desossa e 11 centros de distribuição em 10 estados brasileiros, no Paraguai e Uruguai, com uma capacidade diária de abate de mais de 11.500 cabeças de gado e de desossa de 2.240 toneladas de carne bovina. Além disso, tem unidades operacionais na América do Sul e escritórios próprios na Rússia, Argélia, Arábia Saudita, Itália e Estados Unidos. O grupo já realizou vendas em 90 países. 
Inaugurado na década de 1970, ainda com o nome de Frigodias, o frigorífico de Janaúbas foi adquirido pelo Kaiowa na década de 1980. A indústria encerrou as atividades em 1990, quando o Kaiowa decretou falência e desativou as unidades espalhadas pelo país. Em 2006, foi arrendado pelo Grupo Independência e voltou a funcionar, mas fechou posteriormente. O presidente da Sociedade Rural de Montes Claros, Osmani Barbosa Neto, afirma que a reativação do frigorífico, além da geração de emprego e renda, é um novo alento para os pecuaristas norte-mineiros, que, nos últimos anos, acumularam perdas de reses, que morreram de fome e sede, por conta da estiagem rigorosa. “Houve perdas, mas o rebanho da região está sendo recuperado. Com o retorno do funcionamento do Kaiowa haverá a redução de custo para os pecuaristas da região, que hoje são obrigados a vender para frigoríficos do Triangulo Mineiro ou de perto de Belo Horizonte.”


Pablo de Melo

Tempo e Temperatura

Cidades Conectadas

Pensamento do Dia

Existem apenas duas maneiras de ver a vida. Uma é pensar que não existem milagres e a outra é que tudo é um milagre. (Albert Einstein)

Visitas on Line

Temos 209 visitantes e Nenhum membro online

Contador de Visitas

on

Apoio Cultural

Arte Turismo

Conheça Nossos Parceiros

  norte line