• liberdade feliz 2015
    liberdade feliz 2015

    # 24 Horas na Net

    # Estamos Transmitindo em HD

    # Programas em tempo Real

    # Transmissão de todo conteúdo Local

  • baner 87
    baner 87
  • Alegria No Ar
    Alegria No Ar

    # 24 Horas na Net

    # Estamos Transmitindo em HD

    # Programas em tempo Real

    # Transmissão de todo conteúdo Local

 

Smaller Default Larger

Grupo Minerva adquire frigorífico em Janaúba por R$ 40 milhões

Janaúba/MG - 27/02/2014 O Grupo Minerva adquiriu o frigorífico Kaiowa, instalado em Janaúba (Norte de Minas). A planta foi arrematada por R$ 40 milhões em leilão da massa falida do Kaiowa, anteontem, em São Paulo. A negociação cria expectativa da geração de emprego e renda e de novo alento na pecuária da região a partir da possível reabertura do frigorífico, que tem capacidade para o abate de 800 reses por dia e chegou a exportar para a Europa. O Minerva é um dos maiores grupos do setor frigorífico do país, com 10 unidades espalhadas pelo território nacional, incluindo uma em Campina Verde, no Triângulo Mineiro. Inaugurada na década de 1970, ainda com o nome de Frigodias, com incentivos fiscais da Superintendência do Desenvolvimento do Nordeste, a indústria frigorífica de Janaúba foi adquirida pelo Kaiowa na década de 1980. O frigorífico interrompeu suas atividades em 1990 quando o Kaiowa entrou em processo de falência e desativou suas unidades espalhadas pelo país.

 

Em 2006, a empresa frigorífica, que ocupa um terreno de 217 mil metros quadrados, foi arrendada ao Grupo Independência e voltou a funcionar. Porém, o Independência também entrou em crise e a unidade de abates de Janaúba foi fechada novamente. 

No leilão da massa falida do Kaiowa, o valor oferecido pelo Grupo Minerva à empresa de Janaúba teve um deságio de 7,35%, uma vez que o lance inicial seria de R$ 43,169 milhões. Porém, a proposta foi homologada pela juíza Jacira Jacinto Silva, da 16ª Vara Cível de São Paulo, responsável pelo remate. A unidade do Kaiowa em Anastácio (MS) foi arrematada durante o leilão da massa falida, pelo Frigorífico JBS, por R$ 24 milhões. O valor também ficou abaixo do preço previsto em edital, que era de R$ 28,263 milhões.

Funcionamento para reduzir os custos

O presidente da Sociedade Rural de Montes Claros, Osmani Barbosa Neto, disse ontem á tarde que a reabertura do Frigorífico Kaiowa em Janaúba “vai reabilitar” a pecuária no Norte de Minas, região que no passado teve grande destaque na criação de gado de corte. “Hoje, os produtores da região precisam levar o gado para o abate no Triângulo Mineiro ou na Região Metropolitana de Belo Horizonte e perdem muito com o transporte e outros custos. Reabrindo o frigorífico em Janaúba não teremos mais esse problema”, comenta Barbosa Neto.

Ele disse que a Sociedade Rural de Montes Claros e o Sindicato Rural de Janaúba estão mantendo contato com a direção do Minerva em Barretos, no interior de São Paulo, para saber quando a empresa pretende iniciar a operação na sua nova unidade. Também existe a preocupação de que o grupo venha a manter o frigorífico fechado, tendo feito a compra da planta em leilão somente para impedir o aumento da concorrência. 

Barbosa Neto disse que entidades ruralistas do Norte de Minas já estavam se mobilizando para fomentar a instalação de outro frigorífico em Montes Claros, visando criar alternativa de compra do boi gordo produzido na região. “Com a reabertura do Kaiowa, não será necessária a abertura de outro frigorífico”, disse.

visitas on line

Tempo e Temperatura

Cidades Conectadas

Pensamento do Dia

A tragédia da velhice não está em se ser velho, mas sim em se ter sido jovem. (Oscar Wilde)

Visitas on Line

Temos 72 visitantes e Nenhum membro online

on

Apoio Cultural

Arte Turismo

Conheça Nossos Parceiros

  norte line